Charlie Charlie Challenge: O jogo do lápis possuído!

Vídeos mostram pessoas se assustando quando um lápis possuído pelo espírito de um demônio chamado Charlie se move sozinho! Mas qual é a verdade disso?

A brincadeira surgiu na última semana de maio de 2015 no Twitter e logo se espalhou pelo mundo. Milhões usuários começaram a publicar vídeos com a hashtag #CharlieCharlieChallenge mostrando que parece ser fácil invocar o demônio mexicano Charlie.

O jogo consiste em escrever em uma folha de papel as palavras “sim” e “não” e sobre ela colocar dois lápis em forma de uma cruz. Os participantes precisam dizer em voz alta (e em inglês) a frase “Charlie, Charlie! Você está aqui?” para que o demônio Charlie se menifeste, movendo um dos lápis para lado do “sim” ou do “não” na folha!

A ideia é a de que, após invocado, Charlie responda às perguntas dos participantes da sessão!


Desafio propõe invocar o demônio mexicano Charlie através de lápis e uma folha de papel!

Vídeos mostrando o susto que alguns adolescentes tomaram no momento da “manifestação” já alcançaram milhões de visualizações!

Será que há alguma verdade nessa invocação desse demônio mexicano? Qual será a explicação por trás desse fenômeno que tomou conta das redes sociais?

Assista a um compilado desses sustos e descubra a verdade sobre isso aqui:


Verdadeiro ou falso?

Apesar de muitas pessoas acreditarem que trata-se de um fenômeno paranormal (um padre no Estados Unidos chamou esse jogo de “atividade demoníaca” e proibiu seus fiéis de “chamarem” o demônio Charlie), é óbvio aqui que trata-se de apenas mais uma brincadeira que usa a gravidade para assustar o povo!

Como a base de contato entre os lápis é pequena e o atrito entre as peças é mínimo (aliado ao fato da ponta do lápis ser mais leve do que a outra extremidade), basta apena um assopro no lápis ou uma pequena vibração na mesa para que o lápis se mova.

O Riomar Bruno, do grupo e-farsas no facebook, fez um vídeo mostrando como é fácil de se forjar um possível “contato com os espíritos malignos”:


Para conseguir o feito acima, ele apenas editou o áudio do vídeo para ocultar o som da assoprada que deu no lápis. Podemos ouvir no vídeo a seguir o áudio original, onde dá para ouvir o assopro:


Não há um demônio mexicano com esse nome

Além disso, de acordo com a correspondente Maria Elena Navez, da agência de notícias BBC, não há nenhum demônio chamado ‘Charlie’ no México e a maioria das lendas mexicanas vêm da história antiga dos posvos Azteca e Maya, ou a partir das muitas crenças que começaram a circular durante a conquista espanhola. Dessa forma, é quase impossível que um demônio mexicano tenha sido batizado de “Charlie”!

Origens

Não se sabe ao certo quando e onde surgiu essa lenda do Charlie Charlie Challenge tenha surgido, mas é bem provável que um vídeo publicado no YouTube em 2014 seja o início disso tudo! Um usuário mexicano postou o vídeo abaixo (talvez, surgindo aí a lenda de que o tal demônio seja do méxico):


Em janeiro de 2015, o site da loja virtual Pencils tentou (sem sucesso, na época) viralizar uma brincadeira usando dois lápis. Ali parece ter sido a primeira publicação “oficial” do “demônio mexicano”, mas a ideia custou a se tornar popular na web.

No dia 25 de maio de 2015, o usuário do Twitter, RicexGum publicou uma foto de uma folha de papel com dois lápis sobrepostos em forma de cruz, criando uma nova tendência nessa rede social, que se espalhou pela internet rapidamente.

Conclusão

A história do demônio Charlie é apenas uma brincadeira nascida nas redes sociais e não tem nada de sobrenatural nisso. Divirta-se!
Noticia Urgente - Copyright 2015 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.